Blog

Blog

(11) 5097 9497

Aprenda a harmonizar cerveja e doce agora mesmo

Publicado em 29.11.2017
Aprenda a harmonizar cerveja e doce agora mesmo
Harmonizações Instituto da Cerveja

Há um universo de sabores a ser explorado entre cerveja e doce! Levando em conta algumas dessas dicas, você pode criar novas combinações e experimentar variações desses pares já consagrados. Leia o nosso post e fique por dentro de tudo!

Quando se fala de comida, existem algumas regrinhas que nem sempre estão corretas. No caso específico do meio cervejeiro, costuma-se dizer que cerveja e doce não combinam de jeito nenhum. 
 
Porém, para os mais experientes apreciadores da bebida, isso é uma grande mentira e, nesse post, você vai aprender um pouquinho como harmonizar esses sabores.
 
Para não errar na hora da combinação, é preciso estar atento a quatro regrinhas básicas para harmonização:
 
1. Equilíbrio de forças, ou seja, o doce e a cerveja devem ter intensidades iguais;
 
2. Semelhanças: busque aromas e sabores parecidos entre o doce e a cerveja para que elas estejam sempre em equilíbrio;
 
3. Contrastes: as sobremesas podem ser contrastadas principalmente pela acidez ou pelo amargor da tosta.
 
4. Complementação: a cerveja e os alimentos, inclusive sobremesas, devem parecer um elemento único. Busque complementação entre seus aromas, como se um estivesse dentro do outro.
 
Agora que você já entendeu os quatro itens básicos, confira abaixo algumas dicas de como harmonizar cerveja com doce!
 
Observe a intensidade
 
Pratos mais intensos vão ao encontro de cervejas mais intensas. Isso vale para menus salgados e também para os doces. Sobremesas mais gordurosas pedem cervejas mais alcoólicas como por exemplo um doce de leite pode ser harmonizado com uma Imperial Stout.
 
Por outro lado, as cervejas mais leves vão combinar com sobremesas também mais delicadas, como uma panacotta com frutas vermelhas e uma Kriek, que apesar de ter acidez marcante, possuem normalmente baixo teor alcoólico.
 
Veja a semelhança entre cerveja e doce
 
A similaridade nesse caso não está tão ligada à intensidade, mas sim a outros aspectos do paladar. As notas cítricas de algumas cervejas podem combinar perfeitamente com uma torta de limão. Ao contrário de que se pensa, as notas cítricas e condimentadas de uma Tripel podem potencializar ainda mais os sabores dessa sobremesa tão tradicional.
 
Outra sobremesa tradicional brasileira é o pavê! O sabor adocicado das cervejas belgas Dubbel aproxima esses dois países em uma harmonização perfeita. Os sabores se complementam e se assemelham entre o pavê e esse tipo de cerveja.
 
Tenha cuidado com o contraste
 
Quando se harmoniza pratos e bebidas por contraste, é preciso ainda mais atenção. Escolher os sabores que entrarão nesse delicioso conflito é difícil e pode causar estranhamento, se feito de maneira equivocada.
 
Por isso, para as sobremesas, o ideal é se atentar para ingredientes que façam o elo entre a acidez e a doçura (como a fruta) e o amargor e a doçura (como a tosta).
 
Por exemplo, o chocolate branco com Fruit Lambic, como Kriek ou Framboise, a doçura contrasta com a acidez tendo a fruta como elo do contrate.
 
Explore outras combinações
 
Existem algumas combinações clássicas, como a do brownie com a Imperial Stout. Essa cerveja vai muito bem com sobremesas de chocolate. Encorpada, tal qual a sobremesa, ela não sobrepõe os sabores e cria uma harmonia perfeita no paladar.
 
Até mesmo o nosso amado pudim de leite condensado pede uma bela cerveja! A Barley Wine apresenta uma complexidade de sabores que ganha força no paladar, acalantados pela doçura do pudim. Além disso, o alto teor alcoólico desta cerveja equilibra a doçura da sobremesa; e as notas de toffee provenientes dos maltes vão ao encontro da intensidade da calda.
 
Há um universo de sabores a ser explorado entre cerveja e doce! Levando em conta algumas dessas dicas, você pode criar novas combinações e experimentar variações desses pares já consagrados. Para ficar ainda mais por dentro do universo cervejeiro, assine nossa newsletter e fique por dentro dos próximos cursos de Sommelier de Cervejas!
 

Fonte: Instituto da Cerveja