Blog

Blog

(11) 5097 9497

Gestão Tributária: Saiba quais impostos sua cervejaria terá que pagar

Publicado em 28.05.2021
Gestão Tributária: Saiba quais impostos sua cervejaria terá que pagar
Dicas

Falar dos impostos é um dos pontos mais burocráticos e complexos da administração de uma cervejaria. Para ajudar, vamos te contar quais são os principais impostos que você terá de pagar e como esse processo pode ficar menos complicado. Informe-se!

Entender de finanças é um diferencial competitivo para empreendedores. Isso mesmo: quanto mais domínio você tiver das questões jurídicas e fiscais relacionadas à administração de um negócio cervejeiro, serão igualmente maiores as chances de sua paixão se tornar lucrativa de verdade! Todo empresário deve ter um olhar analítico e aprofundar seus conhecimentos sobre a gestão tributária.

 

Que tal começar seus estudos sobre o assunto com a ajuda de Marcos Moraes, advogado e consultor empresarial? Em parceria com nossos professores, o especialista vai te contar quais são os principais tributos recolhidos por uma cervejaria. Acompanhe, informe-se e aprenda!

 

Gestão Tributária: Princípios básicos para cervejeiros

 

Dentre todas as informações que permeiam o gerenciamento contábil e fiscal de uma empresa, existem algumas diferenciações que você precisa ter sempre na ponta da língua:

 

A. Tributos - Chamamos de tributos todos os recursos que a União, os estados e municípios utilizam para arrecadar dinheiro e, assim, compor suas receitas. Deste gênero, surgem as espécies que estão a seguir listadas;

 

B. Impostos - Por sua vez, os impostos são valores pagos pela população para custear as despesas administrativas e os investimentos feitos pelos governos. Os impostos podem incidir sobre o patrimônio, renda e também consumo dos indivíduos. São exemplos de impostos: o IPI, o ICMS, o IPTU, dentre outros;

 

C. Taxas - Diferentemente dos impostos, cobrados a partir de porcentagem, as taxas geralmente têm um valor fixo, independente da renda de quem está pagando. As taxas de fiscalização costumam estar associadas ao poder de polícia do estado, enquanto as taxas de utilização são aquelas que mais impactam a rotina empresarial - como, por exemplo, a taxa para obtenção do alvará de funcionamento, licença da CETESB, dentre outros;

 

D. Contribuições - Chamamos assim os valores pagos para melhorias (cobradas em situações específicas e que podem resultar em benefícios à população, como uma obra pública na região da sua cervejaria), ou destinações especiais (como o PIS e o PASEP).

 

 

3 Impostos que uma cervejaria deve pagar

 

Tendo em mente as definições que demos acima, está na hora de falar um pouco mais sobre os tributos obrigatórios para cervejarias. Certifique-se de que o profissional responsável por sua gestão tributária mantenha sempre em dia o pagamento dos seus impostos.

 

 

Esses são apenas alguns dos diversos tributos envolvidos na administração de uma empresa. O ponto é que, para entender tudo sobre o D.A.S, PIS, PASEP, COFINS, CSLL, IRPJ, etc; o ideal é consultar mais do que um artigo: você precisa do apoio de profissionais experientes, que já estão há anos no mercado!

 

Experimente começar com o curso Gestão Tributária e Jurídica para Cervejarias, oferecido pelo Instituto da Cerveja e ministrado pelos nossos professores especialistas. Tenha um melhor entendimento e uma maior performance econômica na operacionalização da sua cervejaria:

 

 

Se você gostou desse conteúdo, siga também nossos perfis no Facebook e Instagram para acompanhar tudo o que produzimos! Aproveite para também entrar em contato com os especialistas do Instituto da Cerveja de saber mais sobre nossos cursos de capacitação: