Blog

Blog

(11) 5097 9497

Destaque-se entre os amigos: conheça a história da cerveja no Brasil

Publicado em 17.07.2017
Destaque-se entre os amigos: conheça a história da cerveja no Brasil
Novidades Instituto da Cerveja

É verdade que a nossa querida cerveja sofreu muito com a concorrência da cachaça e do vinho até sagrar-se essa paixão nacional. Quer conhecer mais detalhes sobre a história da cerveja no Brasil? Então siga a leitura do post!

A história da cerveja no Brasil remonta ao ano de 1654, quando a Companhia das Índias Orientais enviou para terras brasileiras — junto com os holandeses que por aqui chegavam — algumas amostras da bebida, assim como sua receita e todo o equipamento necessário para prepará-la. A ideia era montar a primeira cervejaria brasileira.

 

Mas, logo depois a cerveja, assim como os holandeses, desapareceu do Brasil, surgindo novamente apenas em 1808, quando a Família Real portuguesa trouxe de volta a bebida ao país.

 

É verdade que a nossa querida cerveja sofreu muito com a concorrência da cachaça e do vinho até sagrar-se essa paixão nacional.

 

Quer conhecer mais detalhes sobre a história da cerveja no Brasil? Então siga a leitura do post!

 

As cervejas inglesas

 

Em uma época em que cachaça e o vinho dominavam os paladares brasileiros, Dom João VI, um grande apreciador da cerveja, abriu os portos para outras nações. Por volta de 1808, começaram as importações, principalmente de produtos ingleses, já que Portugal e Inglaterra eram aliados.

 

As Ales inglesas logo se tornaram as mais populares e dominaram totalmente o mercado. Para se ter uma ideia, cervejas de outros países, para que chegassem ao Brasil, tinham que ser comercializadas pela Inglaterra. Isso aumentava tanto o custo que tornava essa prática inviável.

 

Mas por volta de 1830, a Coroa resolveu aumentar os impostos para as importações, inclusive de produtos ingleses. Devido aos altos preços, comprar uma cerveja era algo praticamente impossível.

 

Produção artesanal

 

Nessa época, portanto, a cerveja já era uma bebida muito consumida no Brasil. Como comprá-la estava cada vez mais difícil, o jeito foi dar início à produção caseira e artesanal da bebida.

Imigrantes ingleses e alemães que por aqui estavam começaram esse processo, inicialmente, para consumo próprio.

 

Infelizmente, não há registros do estilo de cerveja que era produzida nessa época, mas se sabe que eram utilizados insumos como milho, trigo e arroz, já que era muito difícil conseguir cevada e lúpulo, ambos importados.

 

Cervejaria Brasileira

 

Essa produção artesanal, basicamente para consumo próprio, durou até 1850, quando diversas cervejarias — pequenas, porém estruturadas — surgiram no Brasil.

 

Segundo Ronaldo Morado, cervejólogo, em 1853, o alemão Henrique Kremer funda a Bohemia, considerada a primeira cervejaria imperial do Brasil. Em seguida, são criadas a Brahma (1888) e a Antarctica (1889).

 

No início do século XX, a produção de cerveja entra em declínio no país, já que a matéria-prima vinha do Velho Mundo, que passava por um período de guerras.

Mas, em 1966, a produção é retomada e surge a Cerpa e, logo depois, a Skol com a introdução das primeiras latas da bebida.

 

Durante os anos 90, surgiram outras cervejarias menores — uma tendência que seguiria — como a Kaiser e a Schincariol.

 

As microcervejarias

 

Nascem, então, duas das mais importantes microcervejarias do Brasil: a Dado Bier (1995), no Rio Grande do Sul, e a Colorado (1996), em Ribeirão Preto. Ambas, inspiradas em um movimento que estava acontecendo no Estados Unidos, voltaram-se para os produtos nacionais e introduziram em suas receita ingredientes como mandioca, café e rapadura.

 

Nos anos 2000, as microcervejarias e cervejarias artesanais ganharam força. Com cervejas que fogem do padrão — principalmente do pilsen, o preferido pelas grandes cervejarias brasileiras — elas têm conquistado paladares.

 

Além disso, essa produção artesanal estimulou um movimento em que a cerveja não é apenas bebida: ela é apreciada. Assim, vieram os cursos de mestre cervejeiro, sommelier, harmonização, entre outros.

 

Essa é uma breve história da cerveja no Brasil. Agora, certamente, você poderá impressionar seus amigos na próxima roda de conversa. Regada a cerveja, é claro! Quer saber mais sobre essa paixão nacional? Então assine nossa newsletter!

 

Referências

 

http://g1.globo.com/especial-publicitario/somos-todos-cervejeiros/noticia/2016/05/infografico-mostra-historia-da-cerveja-no-brasil-do-inicio-ate-popularizacao.html#

http://www.beercast.com.br/leia-o-rotulo/brasil-cervejeiro-parte-1/

http://www.cervejasdomundo.com/Brasil.htm

 

Fonte: Instituto da Cerveja