Blog

Blog

(11) 5097 9497

Linha do Tempo: História, estilos e matérias-primas da cerveja.

Publicado em 30.04.2021
Linha do Tempo: História, estilos e matérias-primas da cerveja.
Dicas

Elaboramos uma linha do tempo com os marcos mais importantes da produção cervejeira. Entenda o surgimento de diferentes estilos ao longo dos anos e descubra como as matérias-primas da cerveja foram introduzidas nessa história.

A melhor forma de profissionalizar sua paixão é por meio da informação. Acreditamos tanto nessa máxima que, com a ajuda dos nossos professores, elaboramos uma linha do tempo, ressaltando os marcos mais importantes da produção cervejeira, para te deixar por dentro desse universo super vasto! Entenda como se deu o surgimento de diferentes estilos ao longo dos anos e descubra como as matérias-primas da cerveja foram, aos poucos, introduzidas nessa história. Boa leitura!

 

Linha do Tempo: História e matérias-primas da cerveja

 

 - 10 mil anos atrás - De acordo com arqueólogos e estudiosos, foi quando os povos sumérios descobriram o aroma e sabor únicos provenientes da mistura de água, cevada e precursores genéticos do trigo. As responsáveis pela produção eram as mulheres - que também ficavam encarregadas de, na mesma época e com técnicas parecidas, fabricar o pão.

 

 - 2.300 a.C. - Registros indicam que, nesse período, os chineses também passaram a produzir cerveja, utilizando os grãos de arroz como base do preparo.

 

Você sabe quais são as outras matérias-primas da cerveja, utilizadas desde a Antiguidade, e que até os dias de hoje fazem parte da fabricação artesanal? Aprenda com o novo ebook exclusivo do Instituto da Cerveja, escrito e idealizado por nossos especialistas. Baixe gratuitamente:

 

 

 - 2.100 a.C. - Nessa época, o hábito de “fazer” sua própria cerveja já havia se difundido entre outros povos da região, como gregos, romanos e babilônios, sendo que esses últimos instituíram até regras para o consumo da bebida: o Código de Hamurabi determinava quantas porções diárias cada cidadão poderia ingerir, de acordo com o papel que desempenhava na sociedade.

 

- Idade Média - À essa altura, a tradição do “pão líquido” chegou ao norte da Europa, com destaque para o país que hoje conhecemos como Alemanha. Conta-se que, devido às condições sanitárias do período, a cerveja chegava a ser mais consumida do que a própria água!

 

É curioso ressaltar que, nesse momento, já circulava uma grande variedade de matérias-primas, pois, em cada região, havia um tipo de água, uma espécie de grão consumida com maior frequência, um novo processo sendo desenvolvido, dentre outros fatores que influenciaram diretamente no surgimento de diferentes estilos cervejeiros.

 

- Idade Moderna - Com o surgimento de novas tecnologias, os mestres cervejeiros descobriram a grande diferença entre armazenar a cerveja em garrafas comuns e guardá-la nos âmbares, que protegem a bebida dos raios ultravioleta. Também foi em por causa da cerveja que as geladeiras foram inventadas - no desejo de conservá-la por mais tempo.

 

 - 2007 - Que tal criarmos uma data especial para celebrar a cultura cervejeira e, é claro, consumir nossa bebida favorita com os amigos? Foi dessa ideia que nasceu, em um bar nos Estados Unidos, o Dia Internacional da Cerveja! Mesmo sem data fixa, a comemoração costuma acontecer na 1ª sexta-feira de Agosto, em mais de 50 países, incluindo o Brasil.

 

- Agora - Você tem à sua disposição exatamente aquilo que os sumérios desejavam ter, mas só se tornou possível devido a todo o aprendizado acumulado ao longo da história. Estamos falando sobre cursos capacitantes, ministrados por profissionais experientes no ramo cervejeiro, que podem ajudar entusiastas a darem os primeiros passos na fabricação artesanal.

 

Confira o Curso Cerveja de A a Z, oferecido pelo Instituto da Cerveja, para quem deseja embarcar no universo das cervejas artesanais de forma leve, descontraída e com muita degustação:

 

 

Se você gostou desse conteúdo, siga também nossos perfis no Facebook e Instagram para acompanhar tudo o que produzimos! Aproveite para também entrar em contato com os especialistas do Instituto da Cerveja de saber mais sobre nossos cursos de capacitação: