Blog

Blog

(11) 5097 9497

Conheça os 7 melhores motivos para fazer um curso de sommelier de cerveja

Publicado em 14.08.2017
Conheça os 7 melhores motivos para fazer um curso de sommelier de cerveja
Dicas Instituto da Cerveja

O mercado cervejeiro está em franco crescimento no Brasil. Mas qual é a formação necessária para atuar nessa área? No post de hoje, reunimos 7 motivos para você fazer um curso de sommelier de cerveja! Confira!

O mercado cervejeiro está em franco crescimento no Brasil. Já são mais de 500 cervejarias espalhadas pelo país. Nesse contexto, o sommelier ganha visibilidade e um número significativo de pessoas tem procurado saber mais sobre essa profissão.

 

Mas qual é a formação necessária para atuar nessa área? Não existe nenhuma especialização universitária voltada, exclusivamente, para a função de sommelier, como vemos para a gastronomia.

 

Entretanto, há sempre a opção de realizar um curso de sommelier de cerveja. Quem investe em uma formação como essa conhecerá o processo de fabricação da bebida, as escolas cervejeiras e seus estilos, a harmonização adequada para diferentes tipos de prato e também ficará por dentro de tudo que acontece no mercado cervejeiro.

 

No post de hoje, reunimos 7 motivos para você fazer um curso de sommelier de cerveja! Confira!

 

1. Conheça todas as etapas da fabricação de cervejas

 

Em um curso de sommelier você conhecerá todas as etapas de fabricação de uma cerveja. Ainda que não opte por fabricar a sua própria bebida, é fundamental saber a fundo como acontece a produção. Afinal, como se credenciar como especialista em um produto sem entender como ele é feito?

 

O primeiro passo é escolher o estilo da cerveja. Pilsen, Bock, Stout, Weiss, IPA são apenas algumas das centenas de variações possíveis. Passando à fabricação, o processo consiste, basicamente, em 9 etapas:

 

o seleção e moagem do malte;

o mosturação;

o filtração ou clarificação do mosto;

o fervura;

o resfriamento e aeração;

o fermentação;

o maturação;

o filtração;

o envase e pasteurização.

 

2. Esteja apto a avaliar uma cerveja

 

Os mestres cervejeiros classificam as etapas de fabricação entre quentes e frias. Após conhecê-las com certa profundidade, o aluno estará apto a absorver tanto conhecimentos teóricos quanto práticos sobre a degustação.

 

Ou seja, você conhecerá alguns parâmetros que servem para descrever sensorialmente uma cerveja, como aparência, aromas, sabores e sensacões.

 

3. Saiba sobre harmonização

 

A harmonização é um ponto-chave para a formação de qualquer sommelier. Restaurantes desde alta gastronomia aos mais simples buscam hoje profissionais que possam prestar o melhor atendimento possível aos seus clientes.

 

Nesse segmento, sommeliers bem formados praticamente não encontram concorrência. E como não poderia ser diferente, a remuneração também pode ser atrativa.

 

Com essa possibilidade em vista, o curso de sommelier de cerveja proporciona a capacitação necessária para harmonizar os mais diferentes tipos de pratos com as mais variadas cervejas.

 

4. Entenda sobre serviços

 

A experiência de um cliente vai desde o momento em que ele chega ao estabelecimento, até o momento em que ele paga a conta, pega o carro e vai embora.Por isso, é muito importante que o Sommelier de Cerveja entenda bem de serviços.

 

Não nos referimos apenas a atendimento, apresentação pessoal e organização de salão, mas também aos cuidados com o produto como condições de transporte, armazenamento, estocagem, técnica de limpeza dos copos, temperatura e muito mais.

 

Além disso, para que o cliente possa degustar melhor a bebida, o Sommelier deve entender sobre técnicas de como servi-la, respeitando as características de cada estilo de cerveja.

 

5. Conheça bem todos (ou a maioria) dos estilos de cerveja

 

Conhecer os estilos de cerveja é fundamental para um Sommelier. O profissional precisa estar apto a organizar uma carta de cerveja, com definição e escolha de estilos além de sugerir a bebida de acordo com o paladar e preferência do cliente.

 

Após uma formação de Sommelier, caso o profissional deseje se aprofundar ainda mais no assunto, existem cursos que podem tornar você um expert e te fazer mergulhar em um mundo repleto de estilos de cervejas diferentes.

 

6. Conheça as particularidades do mercado cervejeiro

 

No curso de sommelier de cerveja, você ainda fica atualizado sobre o mercado cervejeiro. Nessa etapa de formação, são abordadas algumas questões, como:

 

• noções de marketing;

• produtos e qualidade;

• design e inovação;

• logística.

 

7. Faça contatos estratégicos no curso de sommelier de cerveja

 

Muitos profissionais nesse segmento têm poucas oportunidades de “trocar figurinhas” com quem possui algum protagonismo no mercado de cervejas artesanais.

 

Trabalhando de forma isolada, essas pessoas se deparam com dificuldades que seriam facilmente superadas caso tivessem contato com profissionais mais experientes.

 

Nesse sentido, o ambiente do curso de sommelier de cerveja é um espaço dos mais interessantes para formar uma boa rede de contatos, a prática conhecida como networking. Isso porque professores e alunos terão experiências interessantes a apresentar e, muitas vezes, serão pessoas com as quais você poderá estabelecer uma relação de parceria.

 

Se você é um amante de cervejas e tem vontade de investir em sua formação, o que não faltam são motivos para ingressar em um curso de sommelier de cerveja. São muitas as possibilidades para quem busca especialização nesse segmento. Vá em frente e seja um profissional diferenciado no mercado cervejeiro!

 

Entre em contato com o Instituto da Cerveja e conheça nossos cursos. Temos a formação certa para aquilo que você procura!

 

Fonte: Instituto da Cerveja